Ensolarado
Ashburn, USA
A+ A A-

Oferecimento

Usuários reclamam dos atendimentos nos hospitais públicos de Teresina

Por  | Para: CBN Foz

 Pacientes que dependem de atendimentos médicos nos hospitais localizados na periferia de Teresina estão sofrendo para marcar consultas. O Bom Dia Piauí desta sexta-feira (23) mostrou pessoas enfrentando longas filas para conseguir falar com um médico. Outros problemas que foram denunciados pela reportagem foram à venda de lugares nas filas das unidades de saúde e demora na conclusão da obra do Hospital do bairro Monte de Castelo, na Zona Sul da capital.

As obras do Hospital do Monte de Castelo já duram um ano e meio, enquanto isso, o atendimento da população é feito de forma improvisada em um posto de saúde. Para apressar a conclusão do serviço, a população recolheu cerca de cinco mil assinaturas. O documento será encaminhado a Prefeitura de Teresina. Além disso, a obra tem problemas de pagamento e por isso, os operários suspenderam os serviços.

No Hospital do Promorar, na também na Zona Sul, os problemas são outros. Lá os pais chegam com as crianças na madrugada, mas só recebem atendimento depois de 10h. A maioria dos pacientes enfrenta longas filhas para marcar consultas.

Já na unidade de saúde do Dirceu, na Zona Sudeste, os pacientes denunciam a venda de marcação de consultas no hospital. "Tem gente que guarda uma vaga na fila e depois vende o lugar para pessoas que chegam depois. Isso está errado", disse o agente de portaria Eronilton Reis.

O diretor do Hospital do Dirceu, Zildo Campelo Filho, pediu a população que identifique os vendedores para que a direção da unidade de saúde tome uma providência mais rigorosa.

A população também reclama da informatização das marcações de consultas, pois segundo os pacientes, o sistema apresenta muitos problemas.

"Depois que começaram a fazer as consultas através do computador, toda hora a atendente diz que o sistema está fora do ar. Enquanto isso nós pobres ficamos morrendo nas filas de espera", reclamou a aposentada Maria Queiroz Oliveira.

A Fundação Hospitalar de Teresina informou que o sistema de marcação de consultas passa por melhorias. Em relação à demora nos atendimentos, o órgão esclareceu que a demanda é grande e que o serviço esta sendo aprimorado. E sobre a atraso nas obras do Hospital do Monte de Castelo, a Fundação afirmou que até agosto a unidade de saúde será entregue a população.


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

  1. Últimas
  2. + Lidas
 

Rádio Comunicadora de Foz do Iguaçu Ltda - AM 1320 KHz - Avenida Paraná, 201 - CEP 85857-970
Site melhor visualizado em 1100x1800. Atualize seu navegador para uma melhor experiência de navegação em nosso site
CBN Foz